Friday, February 24, 2017

o estelionato


que eu tenha ido te buscar na estação
não é nada comparado a tudo que
fizeste antes aguentando meus afetos
as cercas que pulei as portas que arrombei

a pé-de-cabra os cartões e machos que clonei
esperando encontrar neles o que faltava em
você o crédito que não me davas e que eu
queria gastar 100% de sua audiência

que nunca tive e considerando minhas
malandragens nunca mais terei que eu
tenha burlado as autoridades dado o golpe
da barriga e depois abortado todos os filhos

loiros que teríamos isso não é nada comparado
à minha solidão na plataforma número dois
esperando o desembarque do que seria o homem
da minha vida e não foi porque eu não quis

porque não deixei

Wednesday, February 15, 2017

vem aí o MPPF #3 de poesia sapatânica



a próxima edição do MPPF 
especial só com poetas lésbicas
tá sendo feita por 
carol almeida
maria carolina morais
priscilla campos
e moá
sai depois do carnaval
(lógico)

Sunday, February 12, 2017

as dinâmicas do divórcio e os mecanismo de defesa em 4 traduções-recibo de 4 hinos pop dos anos 90 pro recifês



1) na hora da separação (negação)

não fale
(eric stefani, gwen stefani)

Eu e tu
a gente era um casal
todo dia juntos, sempre
mas me sinto
perdendo meu melhor amigo
não consigo acreditar
que é o fim

Parece que tu tás desistindo
e se for isso
eu não quero saber

Não fale
Eu sei exatamente o que tu queres dizer
Então pare de explicar
Não me diga, porque dói
Não fale
Eu sei o que tu tás pensando
Eu não preciso saber os motivos
Não me diga, porque dói

Nossas lembranças
podem ser convidativas
mas algumas são totalmente
assustadoras

Enquanto morremos, eu e tu,
com as mãos na cabeça
eu sento e choro

Se estamos nos separando
eu tenho que parar de fingir que somos o fomos

Eu e tu
dá pra ver que está morrendo.
Está?

(sssssh, não fale nada, querido).






2) depois, quando a raiva bate e você discute quem vai ficar com as coisas e você finge que quer que se foda (formação reativa)

roxo
(courtney love e eric erlandson)

E o céu tinha a cor da pedra roxa
E todas as estrelas pareciam peixinhos
Você devia saber a hora de ir embora
E a hora de dizer não

Isso podia durar um dia
Mas pra mim é pra sempre
Se bem que quando conseguem o que querem já não querem mais
Então vá em frente, leve tudo, eu quero que você leve tudo

E esse céu todo roxo
Eu quero dar o roxo às ronxas
E eu sou aquela sem alma
Em cima e embaixo

Eu disse a você desde o início como isso ia acabar
Quando eu consigo o que quero, já não quero mais

Então vá em frente, leve tudo, eu quero que você leve tudo
Se eu não me importo, não é você que tem que se importar.




3) na sexta à noite, os eletrodomésticos ficaram, ficou tudo menos o edredom e o homem (isolamento)

sem você eu não sou nada
(steve hewitt, brian molko e stefan olsdal)


Paixão estranha que enfeita minhas marés noturnas
(que eu aguento, se for do teu lado)
Tanta imaginação parece ajudar o deslize do desejo
(que eu aguento, se for do teu lado)
Crush imediato que suga e que gera um monte de mentira
(que eu aguento, se for do teu lado)
Super-saturação que queima e encolhe minha pele
(que eu aguento, se for do teu lado)

(os ponteiros batem)

Sou impura, sem-vergonha
E toda vez que tu dá vazão aos teus brios
parece que perco o poder de fala
Tu saindo do meu alcance
me faz crescer como as sempre-vivas.

Você não conhece a solidão que há em mim.

Eu
pego os planos e jogo fora.
Eu
morro.

Sem você, eu não sou nada.

 
(com bowie, que eu não sou boba)


4) madrugada de sábado pro domingo, falando com a melhor amiga no skype (sublimação)

um dia eu serei tipo um sábado à noite
(jon bon jovi)

Oi miga eu tô viva, vivendo um dia de cada vez
tô me sentindo como uma segunda-feira, um dia eu serei tipo um sábado à noite

Oi, meu nome é ivi, onde foi que eu errei
minha vida é uma zona, tá tudo uma bosta
eu perco todos os empregos, não tenho dinheiro
tô dormindo num colchão velho e sem mola

Oi meu nome é adelaide, meu amor foi usado e abusado
tenho "apenas" trinta e quatro anos mas me sinto como se tivesse cem
meu pai adotivo ex-marido se foi, levando com ele minha paciência
a vida em berlim não é muito melhor, mas pelo menos eu escrevo

Quem sabe na terça-feira as coisas dão certo
pior que ontem não fica
quintas e sextas também não têm sido melhores
"mas às vezes eu saio"

Oi miga eu tô viva, vivendo um dia de cada vez
sim, eu tô triste, mas sei que vai passar
ai miga eu tenho que viver minha vida
como se eu não me restasse nada a não ser a aposta
tô me sentindo como uma segunda-feira, um dia eu serei tipo um sábado à noite

Agora eu não posso dizer o meu nome, e dizer onde eu tô
Eu queria era ir embora mas não sei se posso
Eu queria tá em outro tempo, em outro canto
Ter outra alma, ter outro rosto

É sábado e eu vou sair
que eu tô sentindo que pode ser bom
força na peruca que eu vou ficar bem
pode até não ser amanhã, mas fodase, tudo bem
Eu não vou chafurdar na merda, vou sair dessa.


Thursday, February 09, 2017

o golpe

vida pisa devagar
meu coração
belchior

você tranca o planeta
roberto piva






eu não sei a quem dedicar esse poema
minha cabeça se perde pensando
em um em outro no terceiro e no
que acabou de ir embora

em outra cidade eu estaria em perigo
falariam meu nome e reclamariam
direitos sobre meu corpo mas 
estou tão só nesta latitude

que podem entrar e sair do meu
apartamento quantos homens
estranhos me derem na telha como
entram e saem homens estranhos

que não elegemos do governo
como se lá estivesse cheio de boys de
tinder nos quais não demos match 
tento encontrar muso pra estas linhas

mas a solidão é tanta que não me 
vem nada nenhum especificamente e 
ao mesmo tempo todos o que não é nenhum 
consolo solidão dever ser isso não ter 

a quem dedicar um poema by the way será
que algum deles já mentiu pra mim como
 eu menti para um deles dizendo "foi pra 
você" um poema que escrevi pensando em outro?


Saturday, February 04, 2017

a rainha


i hate to come out of the blue
invited
adele



você com nome de rainha que nada me fez
perdão mas meu feminismo não funciona
com você

minhas teorias todas caem por terra:
você bem que podia morrer veja que
injusto (comigo, com você)

eu nada sei sobre sua pessoa temos um homem
e uma genitália em comum e nada mais sei
apenas que séculos mais velha 

que ele que eu você ganhou o menino que até 
dia desses chamei de meu até nisso original 
e soberano ele me deixa 

me trocando não por uma ninfeta que oito anos 
mais velha nunca fui mas por você mulher 
mais alta mais branca mais magra mais velha

nada mais nos une além do homem que 
temos em comum e pelo fato de que eu
e você temos uma buceta

a cortina


quiçá tivesse trinta metros de altura
tal qual teus conterrâneos
e tua namorada nova
penduraria eu mesma a cortina

cretino não tenho nem estatura
nem condições de pendurar
eu mesma a cortina os afazeres
todos também sou incapaz de realizar
queimo a sopa a panela meu filme

passando recibos no facebook
em português que você nunca
vai ler e mesmo se lesse não
entenderia e mesmo se entendesse

não ligaria


Wednesday, February 01, 2017

a arte do recibo, transcrição cancerígena de elizabeth bishop para o recibês



The art of recibo isn’t hard to master;
so many recibos are sent to the wrong
referente that the indiferença is no disaster.

Passe one recibo every day. Accept a mensagem
visualizada e não respondida, the recibo badly spent.
The art of recibo isn’t hard to master.

Then practice passar recibo farther, faster:
cite motéis, o nome da outra, and where it was you meant
to travel. None of these will bring disaster.

I lost my mother’s vergonha na cara. And look! my last, or
next-to-last, of three loved maridos went.
The art of recibo isn’t hard to master.

Perdi duas cidades que amava. And, pior,
some paisagens tão minhas, dois rios, um continente.
I miss them, mas não é nenhuma tragédia.

—Even losing you (taurino e novinho as
I love) I shan’t have lied. It’s evident
the art of recibo is not too hard to master
ainda que pareça (PASSE O RECIBO!) uma tragédia.



Tuesday, January 31, 2017

"deve ser amor" e "onda", duas traduções-trambique de rihanna pro recifês


deve ser amor

quando tu me tem, me libera
o que tu quer de mim?
eu tentei comprar teu coraçãozinho mas eita precinho caro
tu me deixasse tipo "caralho"
tu adora quando eu me esborracho
pra tu poder juntar os pedaço
e jogar contra a parede

tu me deixasse tipo putaqueopariu
não pare de me comer
não desista de me comer
só pare de me amar

eu sigo brincando com fogo
só pra poder ficar perto de tu
vamo tocar fogo nas coisa juntos?
e eu vou andando na neve de neukölln a wedding só pra te comer
deve ser amor
que me deixa assim
que me deixa toda roxa mas me fode tão bem
que eu não consigo parar
deve ser amor
que fica botando meu nome na boca do sapo
não importa que porra eu faço, sem tu eu faço errado
mas fico querendo acertar então:
deve ser amor

aí tu vai ficar me comendo
só me coma
só me coma
tudo que tu tem que fazer é me comer
me deixar tipo PELOAMORDEDEUS
pare de me enrolar feito baseado
que porra eu tenho que fazer pra tu gostar de mim?


onda
inspirada em MC G15
p/ sergio


esse uísque me deixou convencida
então mal aê se eu tiver oferecida
eu só queria tu aqui
desculpa por aquele dia
eu sei que eu podia ser mais sutil
e mandar um zap melhor que esse
mas eu enchi as fuça e "vem pra cá"
é tudo o que eu tenho pra te dizer

tu me dá onda, mais onda que esse uísque
passa aqui, bora beber
eu espero que tu ainda teja acordado
porque tu me deixa acesa
bora fumar esse beck, passar a noite em claro
como a gente fazia antigamente
mas aqui tô eu sozinha com um cinzeiro cheio
e muito a dizer



(neukölln)